Ao mestre com carinho

Ao mestre com carinho


Na escola da vida você passa de aluno a professor por muitas vezes.
Esta escola, é uma das mais duras e exigentes, mas nela que aprendemos e crescemos diariamente.
Não dá muitas alternativas e dificilmente quando erramos, permite que você refaça a mesma questão.
Em uma das disciplinas que estou agora, chamada de Diabetes, o conteúdo é difícil e exige que eu cumpra, no mínimo, o horário das suas atividades exigidas.
Preciso atingir uma média abaixo de 7, mas quem disse a você que isso é fácil?
O tempo passou e retornei a sala de aula. Desta vez, como o condutor do conhecimento, alimentando pessoas com histórias, conteúdos e sonhos.
Entendi que ali não seria o dono do saber, mas uma pessoa capaz de criar um elo entre as experiências que já passei e as transmitidas durante as aulas, não só por mim, mas por cada aluno ali presente.
E a cada encontro, explico, vivo, compartilho e também falo sobre o que é aprender com o diabetes.
Neste dia, eu deixo meu carinho para todos os mestres que dentro e fora da sala de aula, fizeram um ensino uma arte e fizeram de suas aulas, as maiores ferramentas que irei carregar por toda a minha vida.

+ Não há comentários

Deixe o seu