O idoso que escuta os seus nervos

O idoso que escuta os seus nervos


O dia do idoso é celebrado no Brasil no dia 1º de outubro e tem como principal objetivo, a valorização do idoso.

Esta data é uma importante oportunidade de destacar as importantes contribuições que as pessoas idosas fazem para a sociedade e aumentar a conscientização sobre as questões e os desafios do envelhecimento no mundo de hoje.

Todos os anos, são colocados temas que levam a sociedade a praticar o exercício de reflexão e atenção para o respeito e direitos aos idosos.

O tema no ano de 2017 é: “Indo para o futuro: aproveitar os talentos, as contribuições e a participação das pessoas mais velhas na sociedade”.

Indo para o futuro com promessas de que ninguém será deixado para trás, é evidente que a necessidade de aproveitar as contribuições muitas vezes negligenciadas e subestimadas de pessoas idosas essencial para o bem-estar delas.

Falando em bem-estar, precisamos falar sobre a saúde do idoso, em especial aqueles que possuem diabetes.

As complicações pelo mal controle associado a doença são variados, mas podemos destacar um, que aumenta a cada ano que passa, a neuropatia diabética.

Os sintomas cursam como perda gradual da sensibilidade, mobilidade, tato, sensação de calor ou frio, formigamentos, câimbras, pontadas, dores, queimação, pouca sensibilidade, fraqueza, perda e ou redução da coordenação e dos reflexos e em último nível, paralisia.

A neuropatia diabética é um dos problemas mais complexos e, ao mesmo tempo, mais comuns associados ao diabetes: nos idosos, chega a atingir mais de 50% dos pacientes com diabetes, acima dos 70 anos de idade.

O diagnóstico é feito por meio de exames e acompanhamento médico para devido tratamento.

A prevenção passa primeiramente pelo controle constante da glicemia.

O diagnóstico precoce é fundamental para impedir que o paciente tenha complicações mais graves.

Consciente da necessidade de alerta sobre o assunto, a Merck, empresa alemã de ciência e tecnologia mais antiga do mundo, se tornou embaixadora da campanha ESCUTE SEUS NERVOS no Brasil. Por meio da educação sobre os sintomas da doença, o principal objetivo da campanha é aumentar o diagnóstico da neuropatia em nosso País, além de ampliar o conhecimento sobre a doença e seus sintomas.

Se você quer saber ainda mais sobre o assunto, convido você agora mesmo a acessar o site www.escuteseusnervos.com.br, para aprender mais sobre a Neuropatia e ouvir de forma clara o que os seus nervos têm a dizer. E se estiver sentindo algum desses sintomas, não perca tempo: procure já o seu médico.

#ESCUTESEUSNERVOS
BRA-OTH-1709-0179 SET/2017