A verdade não é absoluta

A verdade não é absoluta


A verdade não é absoluta

Antes de aparecer com as suas verdades, respeite a minha.

O mundo anda intolerante demais e a tecnologia parece que deu ao homem, o entendimento de que por meio dela, se jogam as verdades e o que você diz, deve ser aceito.

Não, eu não sou obrigado a estar de acordo com a sua opinião, mas nem por isso, eu preciso agredir você.

E se eu também expresso uma opinião, você também não é obrigado a concordar com ela.

E neste círculo surgem as discórdias, a falta de respeito e a ausência de amor.

E quando estamos no círculo azul do diabetes, estas coisas não são muito diferentes.

Tenho uma página, administro grupos e estou em praticamente em todas as redes sociais falando o que sinto, o que penso sobre o diabetes e respeitando as opiniões alheias e o que vejo: Atritos, conflitos e agressões gratuitas.

O que está faltando?

Bem, sinceramente vejo o esquecimento de valores e do que torna o ser humano o mais completo dos seres vivos, um ser racional.

Sim, eu insisto em dizer que a opinião é direito de todos. Se não gosto, não opino, mas não quero ser uma verdade absoluta.

Portanto no diabetes ou na vida, tenha mais afeto, ame e valorize a vida.

E sabe o amor, ele está acima de cor, raça doença ou religião.

Não ame os “likes”, simplesmente ame a vida.

+ Não há comentários

Deixe o seu