fbpx

DEPOIMENTO

Diabetes, os altos e baixos que motivam

Diabetes - " Ela que com seus altos e baixos muitas vezes nossa amiga, muitas vezes inimiga que nos acompanha dia após dia e faz parte de nós."

Com este trecho, que inicio mais uma apresentação deste time. Desta vez venho com a história da nutricionista Gabriela Castro.

Ela tem 22 anos e mora em São Paulo. Nutricionista e tem diabetes tipo 1 há 8 anos.

Se orgulha ao falar que não possui nenhuma complicação oriunda da Bete, mesmo lembrando que, no início do diagnóstico, passou por altos e baixos no tratamento. "Devido à rebeldias adolescentes!"

Porém, em um dado momento, ela percebei que tal rebeldia, apenas prejudicaria a ela mesmo. Com isso pode dar a volta por cima e se cuidar!

Nesta estrada com a Bete, entre idas e vindas à nutricionistas ela conta que se apaixonou por citações de que "você é o que você come" "faça do seu alimento seu maior medicamento" e decidiu estudar nutrição coma  finalidade de conhecer mais sobre o assunto, se cuidar mais e ajudar muitas outras pessoas que necessitam de apoio com a Bete.

Gabriela conta que o apoio familiar tanto em seu diagnóstico quanto nos estudos foram fundamentais.

Ela manda um recado e já adianta o que vocês podem esperar aqui no Eu e a Bete.

"Sozinho é mais difícil, por isso somos um time!"

Sobre

Blog dedicado a compartilhar informações e experiências da vida com diabetes tipo 1.
Saiba mais sobre o autor.

Contato

Este site é mantido por Thoughtbox
twitteryoutube-playinstagramfacebook-official