Qual é o valor do diabetes?

Qual é o valor do diabetes?


Em tantas etapas na minha vida, sempre lutei para atingir a nota máxima.

Na escola por exemplo, era o clássico “nerd” da turma e por lá, sempre buscava o êxito da melhor nota.

E foi assim naquela época, na universidade e no trabalho, para atingir a melhor avaliação, o melhor desempenho e o máximo do que acredito sou capaz de atingir.

Curiosamente a vida veio e me colocou a frente do diabetes. Nele, aprendi que a menor nota é o melhor resultado que você pode ter diariamente.

Quando me vejo diante de um número como esse, me sinto fraco, isolado em meus pensamentos e querendo me livrar daquele fantasma da impotência, que só nós sabemos o que isso significa.

Sim, eu também tenho meus dias ruins, os meus fantasmas, medos e falhas com esta doença.

Nem todos os dias são ensolados ou estrelados e nem por isso deixamos de viver, não é mesmo?

Neste caso, nesta noite sem estrelas, fui traído por minha roupa, onde sem sentir, fiquei horas com a cânula da bomba de insulina desconectada ao meu corpo. Logo, não pude receber insulina e com isso, as minhas doses de vida se perderam.

Esse foi um registro de mais uma noite da minha vida e eu, com diabetes, não ficarei longe de noites, dias ou de situações como essa, mas luto pra ficar distante da crise e do caos quando o assunto é o diabetes. Afinal, não é ele que dita o caminho que devo seguir, mas me diz quando é a hora de priorizar o tempo da viagem ou de admirir a paisagem que está sob os meus olhos.

+ Não há comentários

Deixe o seu