fbpx

Reverter o diabetes

Criado por Pablo Silva em 19 de junho de 2018

A cura para diabetes tipo 1 e do diabetes tipo 2 ainda não foram descobertas, mas o progresso está sendo feito para que a cura do diabetes tipo 1 ocorra ainda este século.

À medida que os estudos continuam, as causas e mecanismos subjacentes a ambas as formas da doença estão se tornando mais claramente compreendidos.

Pessoas com diabetes tipo 2 podem entrar em remissão (onde a ausência de sinais da doença não significa cura completa e tem risco de retorno), mas enquanto a cura, ainda é difícil de abordar o tema quando o foco é o diabetes tipo 1.

Cura do diabetes tipo 1

Os pesquisadores estão começando a ficar animados novamente que uma cura possa ocorrer já na próxima década ou duas. Uma vacina está sendo constantemente estudada para fornecer uma verdadeira cura biológica para o diabetes tipo 1.

O objetivo é que seja criada uma vacina que impeça o sistema imunológico de atacar as células beta produtoras de insulina do corpo.

Outra perspectiva de cura que ganha impulso é o encapsulamento de células de ilhotas, com células-tronco usadas para criar células produtoras de insulina que podem funcionar sem interferência do sistema imunológico.

Vacina contra o diabetes tipo 1

A pesquisa sobre uma vacina contra o diabetes está sendo feita em várias frentes, com a Selecta Bioscience, uma empresa de biociência clínica, desenvolvendo uma Partícula de Vacina Sintética (SVP) como uma imunoterapia para diabetes tipo 1.

Espera-se que a vacina reprograme o sistema imunológico para evitar respostas inflamatórias às células de insulina, com Selecta atualmente experimentando SVP em camundongos, cortesia do financiamento da JRDF, uma organização global líder que financia pesquisa de diabetes tipo 1.

Em outros lugares, o Laboratório Faustman, no Massachusetts General Hospital, está atualmente conduzindo um programa de testes clínicos em humanos para testar a eficiência de sua vacina Bacillus-Calmette-Guerin (BCG). Resultados positivos já foram relatados em seu estudo de Fase I.

Um medicamento para artrite, o abatacept, também demonstrou que pode retardar a progressão do diabetes tipo 1 por ano após o tratamento ter sido descontinuado, com estudos novamente financiados como parte do programa de Restauração do JRDF.

Fonte e versão extraída:

https://www.diabetes.co.uk/Diabetes-Cure.html

Pablo Silva

Pablo Silva é professor, especialista em tecnologia educacional, jornalista e atua na área de tecnologia há mais de 10 anos. Após o diagnóstico do diabetes, resolveu compartilhar sua vida e criou o site “Eu e a Bete” que, por meio do seus canais, transmite a mensagem que o diabetes não é uma limitação e que pode se transformar em uma motivação pra sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Blog dedicado a compartilhar informações e experiências da vida com diabetes tipo 1.
Saiba mais sobre o autor.

Contato

Este site é mantido por Thoughtbox
twitteryoutube-playinstagramfacebook-official