fbpx

Tire o rótulo

Criado por Pablo Silva em 6 de agosto de 2018

Será que esta história de rótulos e toda sua polêmica se restringe apenas a uma garrafa de refrigerante?

Fique analisando essa questão e todos os comentários sobre a mudança que fizeram na garrafa da Coca-Zero e percebi que curiosamente as críticas não foram apenas para o fabricante, mas para mim também.

O Pablo que induz as pessoas aos péssimos hábitos de beber refrigerante, que isso mata, essa bebida é um veneno, melhor tomar suco e por aí vai…

Opa! Que rótulo é esse do politicamente correto?

Quer dizer que ninguém pisa na bola, só fica na saladinha, no detox da vida e em qualquer ambiente você se recusa tudo que te oferecem?

Meus sinceros parabéns! Eu não, se é errado ou certo? Em meu rótulo diz que eu assumo os riscos, não que eu tenha me tornado inconseqüentemente, mas nasci ser humano e se você olhar o rótulo genético, ele vem repleto de falhas.

Então, a reflexão sobre a embalagem do refrigerante, me fez pensar, sobre todos os rótulos que colocamos em nossas vidas e na dos outros.

Ai que feio que o fulano fez isso, nossa se fosse eu nunca chegaria esse ponto.

Ah por favor! O rótulo de diabético não me fez santo, mas curiosamente me faz abrir os olhos para muitas coisas.

Um exemplo fora da alimentação, foi o fato de afirmar que eu nunca teria uma tatuagem, depois do diabetes, já tenho 3.

Bem, pare de apontar o dedo e ver o rótulo de falhas dos outros, seja humano, que erra, acerta, tem sua visão sobre o assunto e respeita o próximo.

Vejo neste momento uma guerra nas redes sobre cada um com a sua verdade política.

Na boa, quem sou eu pra falar que você está errado sobre algo. Não sou nada e ainda tenho uma vida pra aprender alguma coisa.

Quando ao diabetes, ele tá aqui comigo, se eu beber coca, Toddynho ou água, ele vai continuar existindo. Se eu vou dificultar as coisas, ninguém precisa falar, pois eu tenho ciência de tudo que faço. Acertando, errando, mas principalmente vivendo!

Pablo Silva

Pablo Silva é professor, especialista em tecnologia educacional, jornalista e atua na área de tecnologia há mais de 10 anos. Após o diagnóstico do diabetes, resolveu compartilhar sua vida e criou o site “Eu e a Bete” que, por meio do seus canais, transmite a mensagem que o diabetes não é uma limitação e que pode se transformar em uma motivação pra sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Blog dedicado a compartilhar informações e experiências da vida com diabetes tipo 1.
Saiba mais sobre o autor.

Contato

Este site é mantido por Thoughtbox
twitteryoutube-playinstagramfacebook-official